Faltando 50 dias para o exame físico do concurso da PM, educador físico dá dicas de como se preparar para a prova

As provas do exame intelectual do concurso da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros da Paraíba foram aplicadas neste domingo (29). Entre os quase 80 mil candidatos se inscreveram para concorrer a uma das 1.000 vagas ofertadas, apenas 2 mil vão se classificar para as fases posteriores do certame, o que inclui o exame de aptidão física, que de acordo com o edital está previsto para começar no dia 19 de junho.

Faltam 50 dias para os candidatos se prepararem para uma série de atividades que precisam ser feitas para demonstrar que possuem aptidão física para a carreira militar. No entanto, o educador físico Fabrício Jácome explica que mesmo para quem está iniciando o treinamento ainda dá tempo de estar preparado para os exercícios.

Fábricio Jácome explica que o teste envolve diversas capacidades físicas como força muscular, resistência muscular, aptidão cardiorrespiratória, potência e coordenação neuromuscular. “Para o desenvolvimento dessas qualidades, exige-se um certo tempo de treinamento, até mesmo para aqueles que já praticam alguma atividade física”, conta.

Preparação física para o concurso da PM

Antes de tudo, para quem vai começar agora o treinamento para o exame de aptidão física, Fabrício recomenda que seja feito um planejamento adequado de treino e a orientação de um profissional de educação física. “Para iniciar é necessário organização e planejamento, devemos fazer uma leitura do edital, identificar os testes, avaliar e planejar as microclicos e sessões diárias de treinamento, controlando, contudo, as curvas de volume e intensidade do treinamento, evitando sobrecarga”, explica.

O educador físico recomenda que o treinamento seja feito tentando recriar a situação real do dia do exame, que os treinos resistidos sejam feitos de forma progressiva e ressaltando a exigência de executar os movimentos de forma correta. “Ao programar o treino de corrida, observe o tempo e a distância exigida no edital”, diz.

Para quem está iniciando agora o treinamento para o exame, Fabrício explica que é possível conseguir condicionamento física adequado para ser aprovado desde que siga um bom planejamento e tenha um acompanhamento adequado. “Com as atividades há um aumento de força na terceira e na quarta semana, nesse período ele pode sim conseguir se preparar, desde que tenha um acompanhamento e não dê sobrecarga de exercícios”, recomenda.

Finalizando, o educador físico lembra que não só a prática de atividade física é suficiente para conseguir um desempenho no exame de aptidão física do concurso da PM e do Corpo de Bombeiros. “O concurseiro deve, também, se alimentar de forma saudável a fim de se manter no peso ideal/normal, evitando, assim, o sobrepeso. Isso facilitará a execução dos exercícios, no mais descanse e durma bem”, aconselha.