Concurso da UEPB é temporariamente suspenso após decisão da Justiça

O concurso público realizado pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) está temporariamente suspenso, desde a sexta-feira (6). A medida foi tomada por uma decisão da 2ª Vara da Fazenda, que aceitou o pedido de liminar em um Mandado de Segurança, que ainda será julgado, movido por uma candidata.

Segundo o processo, a Comissão Permanente de Concursos da UEPB acolheu recursos de candidatos que foram movidos fora do prazo legal. Com isso, essas pessoas, que não tinham sido classificadas, acabaram aparecendo na lista final do concurso. A candidata que moveu o recurso alegou que foi prejudicada.

Caso haja descumprimento da ordem judicial, a UEPB será multada em R$ 1 mil por dia, podendo alcançar o patamar de até R$ 50 mil.

De acordo com o reitor da UEPB, Rangel Júnior, a instituição buscará os caminhos jurídicos para tentar cassar a liminar. “Temos a programação da posse dos aprovados para od ia 23 de abril, então a nossa tentativa é realizar a manutenção desse calendário e após isso, vasmos tornar pública a posição da universidade”, afirma. “Se houver alguma alteração e por ventura não obtivermos êxito com a cassação dessa liminar, ai sim faremos um pronunciamento sobre a questão e orientando os candidatos aprovados neste sentido”, conclui.

Ainda segundo o reitor, os candidatos aprovados que se sentirem prejudicados, podem ingressar com ação jurídica. “O concurso envolve 197 pessoas em áreas diferentes, não cabe a mim comentar a decisão judicial. Vamos cumprir os caminhos jurídicos de fazer aquilo que a UEPB de forma planejada organizou e pretende realizar”, diz.

Rangel Júnior afirma que todo o concurso foi realizado de conformidade com as melhores práticas e larga experiência da Comissão Permanente de Concursos (CPCon). O concurso da UEPB foi aconteceu no dia 17 de dezembro para mais de 38 mil candidatos que concorreram às 197 vagas ofertadas para cargos dos níveis fundamental, médio e superior, com remunerações variando de R$ 1.502,24 a R$ 3.396,43. No mês de fevereiro, a Instituição convocou os aprovados e classificados para nomeação.