MP recomenda que prefeitura de Campina Grande realize concurso para Samu

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou que a Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG) realize, em até 180 dias, concurso público para preenchimento inicialmente de 157 vagas no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) no município. A recomendação é assinada pelo promotor designado do Patrimônio Público, Guilherme Costa Câmara, e pela promotora de Defesa da Saúde, Adriana Amorim.

As vagas são para os seguintes cargos: médico (36), enfermeiro (33), condutor socorrista (32), farmacêutico (1), porteiro (5), técnico auxiliar de regulamentação médica (28), técnico em enfermagem (4), técnico em enfermagem-motolância (12) e auxiliar de serviços gerais (6).

No documento, os promotores ressaltam que “não há servidor estável a desempenhar atividades intrínsecas ao SAMU-12-Campina Grande, mas, tão somente, prestadores de serviços temporários”. Segundo eles, as relações de trabalho apresentam várias precariedades que afrontam as diretrizes da PNAB (Política Nacional de Atenção Básica).

PMCG espera notificação

O procurador-geral do Município, José Fernandes Mariz, disse nesta quarta-feira (4) que espera a notificação do Ministério Público para se reunir com o prefeito Romero Rodrigues e os secretários de Saúde e Administração para avaliar a recomendação. “Vamos aguardar a notificação e analisar com o prefeito e demais secretários. A gestão de Romero Rodrigues só trabalha na legalidade”, afirmou.

Veja a recomendação

.