Concurso da Polícia Militar do Ceará abre inscrições; confira

Concurso da Polícia Militar do CearáPara quem busca estabilidade profissional o concurso da Polícia Militar do Ceará é uma boa opção. São 4200 vagas para a função de soldado da carreira de praças. Para o cargo só é exigido o ensino médio completo, e a remuneração é de R$ 3.134. As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 22 de agosto, e podem ser feitas pelo site do Instituto AOCP.

A taxa de inscrição custa R$ 100. Contudo, haverá isenção total da taxa de inscrição para o candidato que se enquadrar nas seguintes categorias: servidor público do estado do Ceará, doador de sangue no estado do Ceará, alunos que estudam ou concluíram seus estudos em entidades de ensino público, pessoa hipossuficiente, aluno cuja família perceba renda de até dois salários mínimos.

Etapas do Concurso

O concurso será composto pelas seguintes etapas: a primeira constará de exames intelectuais, de caráter classificatório e eliminatório; a segunda constará de exames médico-odontológico, biométrico e toxicológico, de caráter eliminatório; a terceira etapa constará do curso de formação profissional, de caráter classificatório e eliminatório; avaliação psicológica, de caráter eliminatório; avaliação de capacidade física, também de caráter eliminatório; investigação social, de caráter eliminatório; e, por fim, avaliação de verificação de aprendizagem, de caráter classificatório e eliminatório.

Todas as etapas do concurso serão feitas em Fortaleza – CE, as provas objetivas estão previstas para acontecer no dia 25 de setembro de 2016. O conteúdo programático e mais informações sobre o concurso você confere no edital.

O Cargo

De acordo com o edital são atribuições do cargo: Executar o policiamento ostensivo, fardado, planejado pelas autoridades policiais competentes, com observância dos princípios da legalidade, hierarquia e disciplina, a fim de assegurar o cumprimento da lei, o respeito à cidadania, a manutenção da ordem pública, em todas as suas modalidades, para inibir os atos atentatórios contra pessoas, bens e meio ambiente, e assegurar o exercício dos poderes constituídos.