Inmet suspende concurso público com 242 vagas

O concurso do Instituto Nacional de Metrologia (Inmmet) foi, oficialmente, suspenso, de acordo com publicação no Diário Oficial da União desta terça-feira (30). O concurso havia sido lançado no dia 6 de abril com 242 vagas de níveis médio e superior, e salários que variam entre R$ 3.045,83 e R$ 11.993,69. De acordo com a publicação, a paralisação da seleção é necessária até que uma ação civil pública que pede o cancelamento do concurso na Justiça Federal seja concluída.

De acordo com o processo, o concurso prevê atribuições incompatíveis com a lei para o cargo de analista em ciência e tecnologia, classe júnior, na especialidade advogado. Ainda de acordo com o documento, com a atual leitura do edital fica evidente que os futuros servidores exercerão funções de assessoramento e consultoria jurídica – atividades que devem ser desenvolvidas, com exclusividade, pelos advogados da União.

Em nível superior, os cargos oferecidos foram para pesquisador (nas especialidades de meteorologia, estatística, hidrologia, ciência da computação, sensoriamento remoto e agronomia), analista (nas especialidades de meteorologia, telecomunicações, estatístico, jornalismo, publicidade, administração, advocacia, contabilidade e economia), e tecnologista (nas especialidades de meteorologia, tecnologia da informação e engenharia).

Candidatos com nível médio poderiam tentar os postos de assistente em ciência e tecnologia (nas especialidades de auxiliar de meteorologia, assistente TI, técnico em contabilidade e técnico administrativo) ou técnico (nas especialidades de meteorologia, informática, laboratório, eletrônica e operacional).

O certame tinha prova objetiva e discursiva, prevista para o dia 21 de junho. Os aprovados seriam lotados em Brasília, Manaus, Belém, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Cuiabá e Goiânia.