Primeiro lugar no concurso da PMPB estudava até 12 horas por dia

Em três meses de dedicação exclusiva, com uma rotina de mais de dez horas de estudos por dia, o estudante do curso de Direito Áthilla Henrique garantiu o primeiro lugar no exame intelectual do concurso para soldado da Polícia Militar da Paraíba. “O meu foco era total”, pontua o candidato.

Mesmo com alguns obstáculos pelo caminho, o estudante resolveu apostar todas as suas energias na preparação para o certame. “Mesmo com a minha esposa estando grávida, abandonei o emprego para me dedicar exclusivamente aos estudos. Estudei intensamente durante três meses, com uma rotina de 10 a 12 horas de estudo por dia”, conta.

Sem que nunca tivesse estudado para nenhum concurso, Áthilla resolveu entrar no curso preparatório para o certame oferecido pela Solaris Cursos para ter o embasamento necessário para os seus estudos. Fora isso, empenhou-se na leitura de livros que abordavam os assuntos que seriam cobrados na prova. “Não sou muito adepto de videoaulas. Gosto de livros. O conhecimento acadêmico, sem dúvida, também foi essencial”, afirma.

Embora estivesse confiante na aprovação, ele foi surpreendido, no entanto, com a notícia do primeiro lugar. “Recebi a notícia via whatsapp. Um grupo de amigos e família. Quando soube, demorei a acreditar. Achei que fosse brincadeira”, diz.

Agora, além de continuar se preparando para futuros concursos, Áthilla voltou a trabalhar, e também, se prepara para o exame físico do certame. “Corro diariamente, sempre entre às 11h e às 13h30, e faço musculação na academia”, finaliza.

O certame oferece 600 vagas, sendo 520 para a Polícia Militar e 80 para o Corpo de Bombeiros. O salário inicial é de R$ 2.548,16. A previsão é de que a convocação para a próxima etapa, o exame psicológico, seja divulgada no próximo dia 14 de setembro.

 

Rafaela Gambarra